quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

DNA de crânios do Peru.

Começaram a sair os RESULTADOS dos primeiros testes do DNA (Mitocondrial) dos CRÂNIOS ALONGADOS encontrados no Peru em 1928. O volume craniano é 25% maior e 60% mais pesado que um crânio humano convencional (não poderia, portanto, ter sido alongado por placas de madeira presas na cabeça desde bebê). Os cientistas encontraram MUTAÇÕES DESCONHECIDAS no DNA que não são compatíveis com qualquer humano ou primata na Terra. Eles consideram que estão lidando com uma CRIATURA DESCONHECIDA e mesmo fora da Árvore da Evolução Terrestre.
Não possui nenhum parentesco com o Homo Sapiens, Neanderthal ou Australopithecus.



Nenhum comentário:

Postar um comentário